Mostrando postagens com marcador Bom Jardim-PE. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Bom Jardim-PE. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Programação comemorativa do aniversário de 260 anos da paróquia de Sant'Ana

Fique por dentro da programação comemorativa do aniversário de 260 anos de fundação da nossa Paróquia.
Também durante os dias 26, 27, 28 e 29 de dezembro, o Centro de Pastoral Cônego Antonio Gonçalves será palco da Exposição “Origens, 260 Anos da Paróquia de Sant’Ana”. Fragmentos fundamentais para a compreensão da história de um povo piedoso, que tem sabido conservar com carinho e espírito de bravura as tradições religiosas de seus antepassados.

Venha você também conhecer um pouco da nossa história de fé!

De  Matriz de Sant'Ana/Bruno Araújo..
Professor Edgar Bom Jardim - PE

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Cursos do SEBRAE em Bom Jardim


No período de 04 a 08 de dezembro acontece a Semana do MEI, no Centro Educacional e Cultural Professora Marineide Braz, no município de Bom Jardim, Agreste Setentrional de PE, tendo como tema Semana do MEI. Uma semana, mil oportunidades”. 

A abertura aconteceu nesta segunda (4), às 18h, com o curso: “SEI Controlar Meu Dinheiro”. Na terça (5), o tema trabalhado será “SEI Empreender”. Na quarta (6), não será realizado por  motivos de força maior. Na quinta (7), o tema será "SEI Inovar".  Encerrando a programação na sexta-feira (8), acontece a Palestra: Microempreendedor Individual para Começar Bem. 

A programação do evento conta com o apoio do SEBRAE, e realização da Prefeitura do Bom Jardim, sob a coordenação de Lucio Mario Cabral. É Grátis, participe! 

Informações importantes: levar documentação para cadastro (CPF e CNPJ se tiver empresa), emissão de Certificados e a entrada por ordem de chegada. Mais informações: (81) 9 9655.6952

O evento acontece no Centro Educacional e Cultural Professora Marineide Braz,  localizado na Rua Dr. Osvaldo Lima, 40, Centro. Imagem: Divulgação/ Lucio Mario Cabral
negocioseinformes
Professor Edgar Bom Jardim - PE

domingo, 3 de dezembro de 2017

80ª Festa de Nossa Senhora da Conceição, na Comunidade de Freitas. Veja fotos.

É assim que acontecem as festas religiosas nas pequenas comunidades e povoados pelo interior do Brasil. Conheça  Freitas, um povoado  do Bom Jardim, Pernambuco, Brasil. 








Fotos de Paróquia de Sant'Ana/ Bruno Araújo.
Professor Edgar Bom Jardim - PE

sábado, 2 de dezembro de 2017

A Comunicação Contemporânea e os Desafios das Novas Tecnologias


Mais de 50 jornalistas do Agreste, Mata Norte e Região Metropolitana do Recife, participaram neste sábado (02/12), do 2º Seminário da Associação da Imprensa de Pernambuco - AIP, com o tema: A Comunicação Contemporânea e os Desafios das Novas Tecnologias, realizado na Faculdade de Ciências da Administração de Limoeiro - FACAL.
Juliana Sampaio, Aderbal Barros e Ciro Bezerra, nomes consagrados do comunicação fizeram palestras, relataram experiências, debateram o momento que a imprensa vivencia no país e em todo mundo.
O presidente da Associação da Imprensa de Pernambuco - AIP, Múcio Aguiar, pretende intensificar encontros para aproximar, valorizar todos os profissionais da imprensa.

Mais de 50 jornalistas do Agreste, Mata Norte e Região Metropolitana do Recife, participaram neste sábado (02/12), do 2º Seminário da Associação da Imprensa de Pernambuco - AIP, com o tema: A Comunicação Contemporânea e os Desafios das Novas Tecnologias, realizado na Faculdade de Ciências da Administração de Limoeiro - FACAL.
Juliana Sampaio, Aderbal Barros e Ciro Bezerra, nomes consagrados do comunicação fizeram palestras, relataram experiências, debateram o momento que a imprensa vivencia no país e em todo mundo.

O presidente da Associação da Imprensa de Pernambuco - AIP, Múcio Aguiar, pretende intensificar encontros para aproximar, valorizar todos os profissionais da imprensa.


*Fotos:Edgar Santos/ Valdenes Guilherme
Professor Edgar Bom Jardim - PE

Pré-campanha: Marília Arraes descarta qualquer possibilidade de aliança com Paulo Câmara



O PT do Bom Jardim-PE, realizou neste sábado (2), uma plenária na sede da Câmara Municipal com a participação da vereadora do Recife, Marília Arraes, pré-candidata de setores do Partido dos Trabalhadores ao Governo de Pernambuco em 2018. "É hora de fortalecer uma candidatura própria, fazer o partido renascer das cinzas como a fênix, diz Tereza Leitão, deputada estadual, ao afirmar que o partido e os militantes foram massacrados nestes últimos quatro anos". Tereza Leitão apoia, embora o PT regional não confirme  como certa a pré-candidatura em movimento.

Pode parecer que é cedo para se falar em eleição, no entanto, nos bastidores da política já há muita movimentação para aquecer a militância, apresentar futuros candidatos, sentir o que o povo pensa, tirar fotografias com simpatizantes, aliados e lógico fazer um discurso contra  adversários. Neste caso, Marília Arraes, foca no discurso para desgastar o  governo Paulo Câmara. No elenco das críticas foram citadas: a falta de ação da gestão atual para resolver o problema da segurança pública, disse que esse governo não sabe pra onde vai, que há uma crise hídrica no estado com a  má distribuição de água, mau gestão; que Paulo Câmara quer privatizar a Compesa; que Bom Jardim não tem banco; que o governador faz discurso fácil, enxuga gelo, joga para plateia para enganar o povo. No plano nacional, Marília afirmou que o Governo Federal promove a destruição  do Estado brasileiro, a venda das nossas riquezas, aprofundou o golpe, o aumento do preço do gás, reformas que afetam o povo.

A vereadora recifense é tida como opositora notável ao PSB. Atritos e descontentamentos  com a legenda do atual governador não são de hoje. 
A ex-socialista é herdeira política do ex-governador Miguel Arraes. Esse é um capital político interessante na visão de segmentos petistas ligados aos sindicatos rurais e da CUT.  Nome novo, com raiz profunda no passado da política estadual.

Marília afirmou em entrevista para o Blog Professor Edgar Bom Jardim, que esses debates no interior do estado são importantes para formulação do "Plano de Governo" com a participação da sociedade. Ao ser perguntada sobre qual a diferença entre seu nome e dos demais pré-candidatos ao Governo de Pernambuco, disse que não queria falar de outras candidaturas, não quer fazer comparações entre seu nome com outros nomes de pessoas  envolvidos na disputa. Insistimos ao citar o nome do governador atual que lidera pesquisas recentes de intenção de votos. Marília disse que não quer fazer comparações com Paulo Câmara. A petista afirmou que o maior problema de Pernambuco é a falta de segurança, o sucateamento da Polícia Civil e Militar.  Por último, afirmou que não há possibilidades de aliança com Paulo Câmara para 2018. 

Vital Cordeiro (PT Bom Jardim), avaliou como positivo o encontro que contou com a presença de Carlos Veras da CUT, do prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque, deputada Tersa Leitão, do Vereador Ninha de Tuquinha, Tato Mendes, Marciel Santos e outras lideranças de Bom Jardim, Orobó, João Alfredo e Surubim.
Por
Professor Edgar Bom Jardim - PE

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Sarau EREM Mota Silveira é Destaque Cultural de Bom Jardim

XX Sarau da EREM Dr. Mota Silveira.
Tudo muito bem feito, lindo, participativo, com conteúdo significativo. Todos essas qualidades resumem a realização do XX Sarau da EREM Dr. Mota Silveira em 2017. Estudantes, professores e gestão mergulharam no início da história do Brasil até atualidade para falar da realidade social, cultural, econômica e política do país.
Muitas lições que devem ser encaradas com muita responsabilidades por jovens e toda comunidade bonjardinense. Despertar para a realidade, por mudanças imediatas. Brasil: Um pavilhão de alegrias coberto por lonas de esperança. Evento grandioso.
Professor Edgar Bom Jardim - PE
01/12/17 

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

CULTURA:Governo de Pernambuco anuncia o resultado do Funcultura Geral 2016/2017


O Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundarpe, torna público nesta quarta-feira (29/11), a lista dos projetos aprovados do edital do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura – Funcultura Geral 2016/2017.  Serão mais 266 projetos culturais a serem desenvolvidos no estado, fomentando as cadeias produtivas e fortalecendo ainda mais a nossa cultura.
O anúncio significa que a gestão estadual contratará cerca de R$ 17,5 milhões em projetos culturais nas áreas de produção, difusão, pesquisa e formação das diversas linguagens artísticas. Somados ao investimento de R$ 10 milhões já aportados no Edital Funcultura Audiovisual 2016/2017 e aos recursos aportados no 1º Edital da Música, cujo valor em projetos disponível alcançou R$ 4.55 milhões, o Governo de Pernambuco reafirma novos compromissos com a cultura do estado na ordem de R$ 32 milhões.
Acesse AQUI o Resultado e AQUI todos os outros documentos relativos ao Edital.
Jan Ribeiro/CulturaPE
Jan Ribeiro/CulturaPE
Anúncio oficial foi realizado nesta quarta-feira, 29/11
No Edital Geral 2016/2017 foram inscritos 1.488 projetos. Destes, 1.309 projetos foram habilitados para julgamento do mérito cultural. O julgamento, realizado por meio da Comissão Deliberativa contou com um total de 80 especialistas para atender o conjunto linguagens artísticas e culturais, constituindo os Grupos Temáticos de Assessoramento Técnico e Temático à Comissão Deliberativa. O julgamento transcorreu no período de 25 de setembro a 11 de outubro, avaliando critérios como a qualidade técnica do projeto, o valor cultural, a qualificação do produtor e da equipe, os aspectos sociais da proposta, e a regionalização.
Foram aprovados 266 projetos artísticos culturais que, juntos, irão totalizar o incentivo, por parte do Governo do Estado, no valor de R$ 17.196.553,85 milhões. Todas as linguagens tiveram projetos aprovados: Cultura Popular (40); Patrimônio (36); Dança (32); Teatro (33); Artes plásticas, artes gráficas e congêneres (29); Fotografia (25); Literatura (22); Circo (17); Artesanato (13); Gastronomia (5); Artes integradas (5); Design e Moda (5); e Ópera (4).
LINGUAGEM
PROJETOS APROVADOS
VALOR
Teatro
33
R$ 2.135.144,82
Cultura Popular
40
R$ 2.381.070,11
Literatura
22
R$ 1.212.718,60
Artes Plásticas
29
R$ 1.782.804,20
Dança
32
R$ 1.901.776,70
Patrimônio
36
R$ 3.028.681,90
Fotografia
25
R$ 1.362.304,42
Circo
17
R$ 1.186.755,00
Artes Integradas
5
R$ 444.820,00
Artesanato
13
R$ 817.607,50
Gastronomia
5
R$ 311.731,00
Design e Moda
5
R$ 279.179,00
Ópera
4
R$ 351.960,00
Para o secretário de Cultura Marcelino Granja, o Funcultura reafirma o compromisso do Governo de Pernambuco com a cultura. “Temos um dos fundos de cultura mais fortes do país, agora garantido por lei, e cada vez mais fortalecido, ampliado para todas as regiões do estado, garantindo acessibilidade, ou seja, um exemplo para todo país de política pública eficiente, construída também com muito diálogo e contribuição da sociedade civil. Uma ação exitosa que faz a diferença na produção artística e na cultura de Pernambuco”, coloca Marcelino Granja. O secretário também listou os desafios do Funcultura para os próximos anos, entre eles, ainda mais recursos e avanço da descentralização.
 “Tivemos muitos avanços nesse edital que precisam ser registrados. Estamos aumentando os recursos do Funcultura e garantindo um piso mínimo de 36 milhões, o que é uma conquista enorme. Semana passada, anunciamos primeiro resultado do Funcultura da Música. É um caminho que estamos trilhando de fortalecimento da política cultural do nosso estado. Ano passado assinamos convênio com a Agência de Tecnologia de Informação do Governo do Estado para informatização do Funcultura e até o final do ano já estaremos fazendo o Cadastro de Produtores pelo sistema informatizado e temos uma perspectiva de lançar pelo menos um novo edital já digitalizado. Também avançamos na regionalização e na acessibilidade”, pontua Márcia Souto, presidente da Fundarpe.
O superintendente do Funcultura Gustavo Araújo diz que “comparativamente ao edital do ano passado, o Edital 2016/2017 resguardou avanços no número de aprovação de projetos, a exemplo da linguagem Cultura Popular que aprovou 7 projetos a mais. Ainda assim, o Edital 2016/2017 reafirmou a preocupação com os resultados da regionalização e acessibilidade, crescendo qualitativamente com isso”. Segundo o gestor, 83% dos projetos aprovados (221) apresentam ações de acessibilidade. Segundo Gustavo, dos 266 aprovados, 74 projetos vieram de fora da Região Metropolitana do Recife; sendo 21 projetos da Mata, 18 projetos do Agreste e 25 do Sertão.
Informações e Recursos – Devido ao grande número de projetos inscritos, o proponente que desejar saber a pontuação do seu projeto não aprovado deverá solicitar formalmente (informando os dados do projeto, conforme modelo abaixo) através do e-mail funculturaeditaisgeral2017@fundarpe.pe.gov.br, até o dia 06 de dezembro. Baixe aqui o modelo de pedido de notas.
Após o recebimento da resposta do pedido de informação de notas realizado, o proponente terá 05 (cinco) dias úteis para recorrer a decisão a partir da data da comunicação de e-mail do Funcultura. O recurso poderá ser enviado para o e-mail recursosfunculturaeditaisgeral2017@fundarpe.pe.gov.br ou pessoalmente, no Setor de Atendimento do Funcultura das 8h às 12h, na Rua da Aurora, 463/469, Boa Vista, Recife. O pedido de reconsideração enviado por e-mail só será avaliado, caso seja enviado a partir do e-mail do proponente que consta no Cadastro de Produtor Cultural. Baixe aqui o modelo de recurso.
Informações Setor de Atendimento do Funcultura
Rua da Aurora 463/469, Boa Vista, Recife – Pernambuco; CEP: 50.050-000. Atendimento presencial: De segunda a sexta-feira, das 8h às 12h Telefones: (81) 3184-3023 / 3184-3026.
Com informações de cultura.pe.gov.br
Professor Edgar Bom Jardim - PE

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Bom Jardim: cuidado com os riscos do 'Aedes'

Pelo menos 1.496 cidades estão em alerta ou risco para doenças do 'Aedes'.


Doenças transmitidas por um mosquito marcaram, para sempre, a vida da família da professora Gisela Duarte, de 34 anos. Moradora do Recife, no fim de 2015 ela viu a mãe, Dulcimar, de 72, morrer vítima de dengue hemorrágica. Sete meses depois, o sobrinho recém-nascido, Gustavo, foi diagnosticado com microcefalia por zika. Casada há pouco mais de um ano, Gisela decidiu adiar qualquer plano de gravidez. "Vivemos um verdadeiro pesadelo provocado pelas doenças transmitidas pelo Aedes aegypti."

Levantamento do Ministério da Saúde indica que 1.496 cidades brasileiras ainda estão em situação de alerta ou de risco para surto de dengue, zika e chikungunya - doenças causadas pelo mosquito - neste verão. Isso representa 38% do total de cidades que fizeram a avaliação, batizada de Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa). 

Esse grupo apresentou altos índices de criadouros do mosquito, vetor das três doenças. E os números podem ainda aumentar, porque há cidades que não repassaram dados. É considerada área de alerta para as doenças aquela em que o índice de infestação do mosquito varia entre 1% e 3,9% dos domicílios visitados. São classificados como de risco os municípios que apresentam ao menos 4% de índice de infestação. 

Neste ano estão em alerta, entre as capitais, Maceió, Manaus, Salvador, Vitória, Recife, Natal, Porto Velho, Aracaju e São Luís. Já Belém, Boa Vista, Porto Alegre, Florianópolis, Campo Grande, Cuiabá, Brasília e Rio Branco não informaram os dados. Também não há registros de São Paulo, embora o Estado tenha informado já ter remetido as informações.

Técnicos do ministério dizem não ser possível fazer comparação com 2016. No ano passado, fizeram o LIRAa 2.282 cidades. Desta vez, foram 3.946 (aumento de 73%). Anteriormente, o levantamento era feito por adesão. Agora, todos os municípios são obrigados a apresentar os dados.

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, afirmou que locais em situação de risco deverão receber uma atenção prioritária, mas a redução de casos não depende apenas de ações governamentais. O armazenamento de água em barris, por exemplo, foi o principal tipo de criadouro achado no Nordeste e no Centro-Oeste. No Norte e no Sul, o maior número de criadouros foi no lixo. No Sudeste, predominam depósitos móveis, como vasos e frascos com água.

Balanço

Até o dia 11 de novembro, foram notificados 239.076 casos prováveis de dengue em todo o País, uma redução de 83,7% em relação ao mesmo período de 2016. Na mesma data, haviam sido registrados 184.458 casos prováveis de febre chikungunya, também uma redução de 32,1%. Por fim, de zika são 16.870 casos prováveis, redução de 92,1% em relação a 2016 (com 214.126).

Para especialistas na área de Infectologia, com a queda do número de casos, população e autoridades sanitárias relaxaram nas ações de contenção. "As pessoas e até alguns gestores são, infelizmente, reativos", avalia Celso Granato, professor de Infectologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Para Artur Timerman, presidente da Sociedade Brasileira de Dengue e Arboviroses, o governo não deu atenção, nos últimos anos a outras políticas necessárias para enfrentar as doenças. "Enquanto não enfrentarmos as questões de urbanização e saneamento básico, o mosquito vai continuar se proliferando." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo/ Diário de Pernambuco.

Professor Edgar Bom Jardim - PE

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Prefeitura de Bom Jardim faz melhorias nas estradas da zona rural



A Secretaria Municipal de Infraestrutura do Bom Jardim -PE, iniciou nesta segunda quinzena de novembro 2017,  os serviços de recuperação de estradas vicinais nas comunidades de Alazam, Pitombeira, Gruta,  Freitas, Bonfim até chegar ao brejo. 
Professor Edgar Bom Jardim - PE

sábado, 25 de novembro de 2017

Bom Jardim:Conferência Municipal de Educação

CONVITE
III Conferência Municipal de Educação
LOCAL: Escola Terezinha Barbosa
DATA: 27 de novembro 2017
INÍCIO: 7:30
Fonte:facebook.com/PrefeituraBomJardim/
Professor Edgar Bom Jardim - PE

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Sarau do Mota Silveira

Convite
Data: 01/12/2017
Início: 19 horas
Local: Quadra da escola
Professor Edgar Bom Jardim - PE

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

EREM Mota Silveira na Capital da Cultura

Excursão pedagógica ao Recife antigo com estudantes dos primeiros anos A, B e C.






Publicação de Mota Silveira

Professor Edgar Bom Jardim - PE

Paulo Henrique da Silva, da EREM Justulino Ferreira Gomes é destaque no Programa Jovens Senadores



Na manhã desta quinta-feira (23) o secretário de Educação do Estado, Fred Amancio, recebeu em audiência os vencedores dos programas Jovens Senadores e Jovens Embaixadores. Participaram da solenidade parentes, amigos, professores e gestores de escolas. Na ocasião, Amancio entregou brindes e certificados aos classificados do 10º Concurso de Redação do Senado Federal e dos representantes do estado no intercâmbio nos Estados Unidos.
O 10º Concurso de Redação do Senado Federal/Jovem Senador, que teve o tema “Brasil Plural: para falar de intolerância”, mobilizou 11.528 estudantes em todo estado. Destas, 101 foram inscritas e três foram escolhidas. O projeto leva o vencedor para Brasília para que possa vivenciar o trabalho dos senadores. A representante de Pernambuco será a estudante Willyane Fernanda Barbosa, da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Professor Antônio José Barboza dos Santos, que ganhou o programa com a redação “O Mal da Ignorância”.
“Eu resolvi me inscrever no programa porque me destaco nas redações e queria tentar uma coisa diferente. Sempre gostei de política e até já participei da Conferência da Juventude em Brasília. Saber como se faz as leis, conhecer a rotina dos senadores e ver as votações será muito interessante”, disse Willyane. O segundo lugar ficou com Paulo Henrique da Silva, da EREM Justulino Ferreira Gomes, com a redação “Conhecer Eu Para Acabar com a Intolerância”. Já o terceiro lugar foi para Estevão Teixeira Gomes, da EREM Beberibe, com a redação “Bendita Geni”.
No Jovens Embaixadores, da embaixada dos Estados Unidos no Brasil, houve um registro de 1966 inscrições. Um recorde para o programa. Dois estudantes da Rede Pública Estadual foram selecionados para participar do projeto que irá proporcionar a interação com jovens da sua idade, atividades culturais, de responsabilidade social e de empreendedorismo e liderança e fazer apresentações sobre o Brasil.Abraão José da Silva, da EREM Santos Dumont, e Alice Aurora de Melo, da Escola de Aplicação Ivonita Alves Guerra, foram os selecionados para participar do intercâmbio. “Já tinha tentado duas vezes e essa era minha última chance para entrar no programa. Isso empodera as pessoas, incentiva os estudantes a entender que por meio do seu esforço é possível conseguir o que queremos” afirmou Alice.
“Estou muito ansioso para ter essa experiência. Participar desse projeto vai mudar minha visão de mundo e vai proporcionar várias oportunidades profissionais. Isso também me deixa muito motivado para continuar fazendo o trabalho voluntário” expressou Abraão José.


Fred Amancio parabenizou os estudantes e falou do sentimento de poder proporcionar essas oportunidades para os estudantes. “Nós ficamos muito contentes porque conseguimos perceber que não estamos formando apenas jovens que têm conhecimentos em algumas matérias, mas que estamos formando cidadãos preparados para a vida. Isso mostra o quanto estamos preocupados para que entrem nas universidades e sigam no mercado de trabalho. Esses programas mostram que todos estão preparados para enfrentar qualquer desafio” relatou.
Com informações da Secretaria de Educação PE.
Professor Edgar Bom Jardim - PE

terça-feira, 21 de novembro de 2017

II Justulino Cultural

CONVITE
 Contamos com a presença de todos.
Professor Edgar Bom Jardim - PE